Alejandro Valeiko consegue Habeas Corpus na justiça e vai para prisão domiciliar

Na noite deste sábado (5), o principal alvo das investigações envolvendo a morte do engenheiro Flávio Rodrigues conseguiu na justiça um Habeas Corpos, antes mesmo de ter seu mandado de prisão temporária cumprido. Pelo documento, ele tem 24 horas para se apresentar, caso contrário terá o benefício revogado e voltará a ser considerado foragido.

Segundo os argumentos da defesa o acusado estaria sofrendo de surtos psicóticos, com paranóia, impulsividade e oscilações de Humor. Um dos efeitos da decisão de hoje é o de que Alejandro poderá prestar novos depoimentos sem ser preso.

O Advogado de defesa de Alejandro Molina Valeiko deu entrada com um pedido de Habeas Corpus Criminal no plantão Judicial do 2o grau do Tribunal de Justiça do Amazonas.

Saiba Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!