Mulher de famoso jogador acusado de estuprar afilhada revela perseguição

Uma situação bastante conturbada e preocupante invadiu a vida da modelo paraguaia Larissa Riquelme. Ela, que se tornou conhecida mundialmente após ter virado o centro das atenções na memorável Copa do Mundo realizada na África do Sul em meados de 2010, ao surgir torcendo para o seu país com um celular entre os seios, desembarcou no Brasil.

Acompanhando o percurso da Copa América, e sendo declarada perdidamente apaixonada pelo futebol, recentemente, ela chegou a comentar os seus planos para o futuro, dentre eles, mais uma vez causar entre os marmanjos com a vontade de posar da forma que veio ao mundo. No entanto, por meio de suas redes sociais, as coisas parecem estar sendo dificultosas demais. Isso porquê, ela usou sua conta oficial do Instagram para poder desabafar em torno de um verdadeiro tormento.

“Estou cansada de MENTIRAS, de gente mitômana! Em breve contarei a minha verdade e muitas pessoas entenderão porque sou tão perseguida. Tenho medo!!”, escreveu a musa. Embora não tenha entrado em maiores detalhes sobre o que, de fato, está acontecendo, alguns internautas se dividiram ao reagir perante o desabafo suspeito feito por Larissa.

Vale lembrar que recentemente ela se envolveu num verdadeiro escândalo pelo fato do seu namorado, o jogador nascido Argentina e naturalizado no Paraguai,Jonathan Fabbro, de 37 anos, conhecido por passagem em grandes clubes futebolísticos, dos brasileiros aos internacionais, foi condenado a 14 anos de prisão por ter abusado sexualmente de sua própria afilhada, na época com 5 anos, e hoje com 13. Desde maio de 2018, o atleta havia sido preso. Como se já não bastasse, ele teria abusado também de uma criança da família de Larissa. Que situação!

SP – FUTEBOL/LARISSA RIQUELME – ESPORTES – A modelo paraguaia Larissa Riquelme, que ficou conhecida mundialmente torcendo para o Paraguai na Copa do Mundo, posa para fotógrafos em São Paulo. Ela veio ao Brasil fazer um editorial de moda para a marca Los Dos. 13/07/2010 – Foto: MARCIO FERNANDES/AGÊNCIA ESTADO/AE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!