Caso Flávio: Justiça nega habeas corpus a Alejandro Valeiko

Enteado do prefeito de Manaus está preso suspeito de envolvimento em morte de engenheiro. Outros cinco estão detidos.

A Justiça do Amazonas negou nesta quarta-feira (23) o pedido de habeas corpus feito pela defesa de Alejandro Valeiko. A decisão do desembargador José Hamilton foi confirmada pelo advogado do suspeito. O enteado do prefeito de Manaus foi preso no início de outubro por suspeita de ter envolvimento na morte do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, de 41 anos. Outras cinco pessoas estão detidas. 

O advogado de defesa de Valeiko, Yuri Dantas, afirmou que o próximo passo ainda não foi decidido. “Vamos primeiro ler a decisão para decidir o que fazer”, contou. 

No último dia 17, o requerimento de relaxamento ou revogação da prisão de Alejandro Molina Valeiko – além de José Edvandro Martins de Souza Junior e Vittorio Del Gatto, também presos – foi indeferido pela juíza Ana Paula de Medeiros Braga Burssulo. 

Saiba Mais:

G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!