Guerra entre facções: fuzil AK-47 apreendido pela polícia pode ter sido usado em execuções no Monte Horebe

Jeffeson da Silva Moldes, de 29 anos, foi preso na manhã deste domingo (27), e a Polícia Militar (PM) também apreendeu pistolas, revólveres, um fuzil usado em guerras e munições. A prisão dele e a apreensão das armas aconteceu no bairro Colônia Oliveira Machado, na zona Sul da capital, após uma denúncia anônima.

A polícia deve investigar se o fuzil calibre 762, também conhecido como AK-47 foi utilizado em execuções provocadas pela briga entre facções criminosas que disputam o comércio de drogas na invasão Monte Horebe, bairro Lago Azul, na zona Norte de Manaus. 

De acordo com informações repassadas para a polícia, o fuzil de invenção soviética, duas pistolas, dois revólveres e munições, saíram da invasão e foram guardados em esconderijo no bairro Colônia Oliveira Machado, onde policiais militares da Força-Tática estiveram e conseguiram apreender as armas e prender Jeffeson, que seria integrante de uma organização criminosa e estaria guardando as armas para a facção em um quarto. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!