“O leão e as hienas”: pela 4ª vez, Bolsonaro foge das perguntas

Presidente chegou a conversar com a imprensa, mas virou as costas quando foi questionado sobre tuíte com vídeo atacando STF

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) deu as costas à imprensa no início da madrugada desta quarta-feira (30/10/2019) em Riade (horário local), ao ser questionado sobre a polêmica postagem em seu Twitter que tratava o Supremo Tribunal Federal (STF) como um de seus inimigos. Bolsonaro já havia ignorado questionamentos sobre o tema em três outras ocasiões em que passou pela imprensa que o acompanha na visita oficial à Arábia Saudita, e só falou sobre o tema em uma entrevista exclusiva que concedeu ao jornal O Estado de São Paulo, quando disse que a postagem foi um erro e pediu desculpas.

Enquanto respondeu perguntas, na volta de um jantar com outros chefes de Estado que participam de um fórum econômico na cidade, o presidente comemorou a notícia de que os sauditas vão investir US$ 10 bilhões no Brasil por meio de seu Fundo Soberano.

“Com 10 bilhões [de dólares] dá para fazer muita coisa”, disse. “Eu propus, por exemplo, ao príncipe herdeiro [Mohammed bin Salman] que invista no projeto de transformar a baía de Angra dos Reis [no Rio de Janeiro] em uma Cancun brasileira, e ele disse que está pronto pra investir. Agora, passa por um projeto para revogar um decreto ambiental.”

Bolsonaro comentou a relação com o príncipe, que já encontrou três vezes desde que chegou à Arábia Saudita, há dois dias. “Essa amizade que se criou facilita essas negociações”, comentou.

O bom humor acabou quando veio a pergunta sobre a postagem. Bolsonaro nem sequer esboçou resposta ou uma despedida, apenas se virou e entrou no hotel, cercado por seguranças brasileiros e sauditas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!