Adolescente é assassinado durante tiroteio, na zona Leste de Manaus

Manaus – Um jovem identificado como Elias de Oliveira de Assunção, de 16 anos, foi assassinado com inúmeros tiros após um ataque sofrido durante a noite desta quinta-feira (31). O crime aconteceu na rua dos Cravos, bairro Jorge Teixeira, 4a etapa, na zona Leste da cidade.

Tiroteio no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus, na noite desta quinta-feira (31) deixou dois  homens feridos e um adolescente de 16 anos morto.  O crime aconteceu por volta das 19h, no “Bar do Mengão” localizado na rua do Cravos, bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus.

As vítimas Alécio Marinho Alves, de 30 anos e Sidney dos Santos Silva, de 20 anos foram levados ao Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo onde receberam atendimento médico. Já Elias Meireles Assunção, de 16 anos, mesmo ferido, ainda tentou fugir, mas foi perseguido pelo suspeito que o matou com um tiro na cabeça. 

Segundo informações do proprietário do bar, que preferiu anonimato, dois homens chegaram em um carro branco, entraram no estabelecimento e atiraram contra os jovens por diversas vezes.

Os policiais da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram até o local do crime, após denúncias dos moradores. Ao se depararem com o homicídio, acionaram os policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para investigar o caso.

“Estamos apurando informações para traçar o perfil das vítimas. Os familiares dizem que eles não têm envolvimento com o crime. Deslocamos algumas testemunhas para a delegacia para colhermos depoimentos que possam ajudar nas investigações”, disse o delegado plantonista da DEHS, Dênis Pinho.

A mãe do adolescente morto, Maria Joaquina, defendeu o filho. De acordo com ela, ele não era envolvido com nada ilícito. Ela acredita que a motivação do crime seja por perversidade, pois outras pessoas foram atingidas pelos tiros.

“Ele passava o dia jogando no celular e também gostava de bola. Ele nem tinha coragem para se meter com droga, era medroso. Eu quero justiça, quero que a polícia pegue esses homens e os prendam”, declarou.

Até o momento da publicação desta matéria nenhum dos suspeitos foram localizados ou presos.

Você pode gostar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!