Polêmica: T.I. leva filha a médico para ver se hímen está intacto

O rapper norte-americano revelou a prática em entrevista a um podcast: ouça o trecho

No mais recente episódio do podcast Ladies Like Us, de Nazanin Mandi e Nadia Moham, o rapper e ator T.I. afirmou que levava sua filha ao ginecologista todo ano para “checar seu hímen” e ter certeza de que “[a parte do corpo] ainda estava intacto”.

Na entrevista, ele falou sobre como age no papel de pai, entre outros tópicos. Ao ser perguntado se ele já havia falado de sexo com suas filhas, o músico afirmou que não só conversava como também levava a discussão um passo adiante, principalmente com sua filha mais velha, Deyjah Harris – atualmente com 18 anos. “Fazemos viagens anuais ao ginecologista para checar o hímen dela”, disse o rapper. “Sim, eu vou com ela”.

Ele também admitiu que, no dia seguinte a festa de 16 anos da filha, botou um post-it na porta com os dizeres: “Gineco. Amanhã. 9h30”. O rapper ainda contou detalhes das consultas.

O rapper também mencionou ter sido informado de que o hímen pode ser quebrado de formas se envolver o sexo penetrativo. “Pode ser rompido ao andar de bicicleta, ginástica, andar de cavalo e outras formas de atividade física. Então eu falei: ‘Doutor, ela não anda de cavalo, não anda de bicicleta, não faz esportes. Só checa o hímen por favor e me dê meus resultados expeditamente’”, completou T.I..Abrir em Tela Cheia

O episódio do podcast foi removido, porém o trecho da entrevista pode ser encontrado no YouTube. As declarações, como era de se esperar, causou nojo e raiva nos ouvintes, que imediatamente foram às redes sociais e à página do programa nas plataformas digitais para criticar as apresentadoras. Muitos também apontaram a hipocrisia do rapper, pois no reality show sobre sua família, seu filho de 15 anos admitiu que já havia perdido a virgindade – algo que T.I. respondeu apenas com risadas.

O “teste de virgindade”

Testes de virgindade envolvem um exame onde um médico inspeciona o hímen de uma mulher para ver se há rasgos ou extensão da membrana, e é considerado uma prática desnecessariamente invasiva que não tem benefício médico. A Organização Mundial da saúde (OMS) também definiu a prática como “uma violação dos direitos humanos de meninas e mulheres”, podendo causar malefícios “para o bem-estar físico, psicológico e social de mulheres e meninas”.

O hímen não é um indicativo da virgindade das mulheres, é apenas uma membrana que cobre parte do orifício da vagina. De acordo com Alexandra Eisler , uma educadora do Healthy Teen Network , “você pode pensar no hímen como um lenço de papel. Ele pode estender, rasgar ou facilmente desaparecer com fricção”. Ela ainda diz que não há como provar virgindade. “Enquanto não há nenhuma definição médica para a virgindade, é um conceito importante para muitas pessoas”, afirma Eisler.

12 comentários em “Polêmica: T.I. leva filha a médico para ver se hímen está intacto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!