Mais de 3 mil produtos falsificados da ‘Apple’ são apreendidos em Manaus

De acordo com o secretário-interino da Semdec, Rodrigo Guedes, a falsificação de produtos é caracterizada como crime contra relações de consumo, o que causa uma série de prejuízos ao município

Manaus – Mais de 3 mil acessórios falsificados da marca ‘Apple’ foram apreendidos, na manhã desta segunda-feira (11), em duas lojas do Centro, zona sul da cidade, durante a operação ‘Maçã Proibida’, deflagrada pela Polícia Civil (PC) em ação conjunta com a Delegacia Especializada em Crimes Contra o Consumidor (Decon), Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor e Ouvidoria Procon Manaus e Receita Federal.

Segundo o delegado Eduardo Paixão, da Decon, a denúncia foi realizada pela própria Apple, com sede na Califórnia, nos Estados Unidos. “Dentre os materiais apreendidos pela equipes estão carregadores, cabos USB, fones de ouvido e baterias que, inclusive, tinham selos de autenticidade falso”, disse ele, informando ainda, que as lojas foram autuadas administrativamente pelos agentes da Receita Federal e Procon Manaus.

De acordo com o secretário-interino da Semdec, Rodrigo Guedes, a falsificação é caracterizada como crime contra relações de consumo, o que causa uma série de prejuízos ao município, pois não há procedência em cima dos produtos.

Segundo a PC, os proprietários dos estabelecimento comerciais foram notificados e vão responder por crime contra às relações de consumo e contrabando de produtos falsificados, ambos possuem até esta quarta-feira (13) para prestar esclarecimentos sobre o caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!