STJ mantém Eduardo Cunha na prisão

O ex-deputado está preso preventivamente desde 2016

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou recurso em habeas corpus que buscava a liberdade ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB-RJ).

O ex-deputado está preso preventivamente desde 2016 em desdobramento da Operação Lava Jato que apurou o recebimento de propina para a liberação de recursos da Caixa.

A defesa de Cunha alegava excesso de prazo da medida cautelar. Relator do recurso, o ministro Rogerio Schietti Cruz afirmou que Cunha ocupava “posição de liderança na organização criminosa”. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Um comentário em “STJ mantém Eduardo Cunha na prisão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!