Preso pela Rocam homem com munições de fuzil e granadas da FDN, em Manaus

“Xarope” estava com granadas de uso exclusivo das Forças Armadas

Manaus – Com um verdadeiro arsenal de guerra, o integrante da facção criminosa Família do Norte (FDN), Francisco de Assis Gomes, de 21 anos, conhecido como “Xarope”, foi preso pela Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) durante uma ação na rua 5, no bairro União da Vitória, na Zona Oeste de Manaus. A prisão aconteceu por volta das 23h de terça-feira (10).

Durante patrulhamento pelo bairro, que é considerado uma área vermelha devido ao intenso tráfico de drogas, os policiais foram informados que, na rua 5, havia uma grande movimentação de pessoas vendendo e consumindo entorpecentes.

Material apreendido com "Xarope"
Material apreendido com “Xarope” | Foto: Divulgação

No local, a equipe abordou “Xarope” e encontrou com ele porções de substâncias entorpecentes. Questionado sobre o material ilícito, o suspeito acabou confessando aos policiais que na casa dele havia outros produtos. 

Na residência, localizada no mesmo bairro, foram encontradas três granadas de mão do tipo GB762, três granadas 40 mm de uso exclusivo das Forças Armadas, 38 munições de fuzil calibre 762, 18 munições calibre ponto 40, dois carregadores de fuzil, duas balanças de precisão, um rádio transmissor, três porções grandes de maconha, duas porções grandes de pasta base de cocaína, 262 trouxinhas de pasta base, 68 trouxinhas de cocaína e 89 trouxinhas de maconha.

O preso foi levado para o 19ºDIP
O preso foi levado para o 19ºDIP | Foto: Divulgação

A polícia acredita que o suspeito guardava o material para outros integrantes da FDN. O Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (Marte) foi acionado para fazer a detonação das granadas. Francisco foi levado para o 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi constatado que ele já tinha passagem pelo crime de tráfico de drogas. 

Devido à grande quantidade de material ilícito encontrado com o suspeito suspeitava-se que Francisco fazia parte de alguma facção criminosa. Entretanto, a polícia não confirmou essa informação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!