Polícia fecha rinha de galos no PR, detém 100 pessoas e resgata 112 animais

A Polícia Ambiental do Paraná desarticulou na noite de sábado(21), uma rinha de galo em uma chácara na área rural de Palmas, a 374 km de Curitiba. Ao todo, 100 pessoas foram levadas à delegacia e receberam multas, com valor total que chegou a R$ 229 mil.

Segundo a Polícia Ambiental, a rinha de galo ocorria no momento do flagrante. Cinco animais estavam mortos e outros 112 foram resgatados vivos. Além da contravenção, um homem que se identificou como gerente da rinha ainda recebeu voz de prisão por porte ilegal de arma de fogo

Policiais chegaram à rinha depois de uma investigação com base de uma denúncia anônima. No momento do flagrante, a chácara encontrava-se lotada de pessoas para acompanhar os maus-tratos aos animais. O local era composto por duas arenas de brigas de galos com arquibancadas.

“Temos nosso serviço de inteligência e quando recebemos essa denúncia, que é de grande vulto, nós apuramos antes de fazer o flagrante e preparamos nossas equipes para abordar no momento que acontecia a rinha”, comentou o tenente André Kovalcvykowski, da Polícia Ambiental

Imagens divulgadas pela Polícia Ambiental ainda mostram um quadro negro com o nome de apostadores. Além dos animais, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 36 com três cápsulas de munição ainda sem uso. Entre os levados à delegacia estavam proprietários de galos e apostadores.

Após a identificação de cada um dos participantes, a Polícia Ambiental encaminhou as pessoas para a Delegacia de Palmas e todos foram liberados para responder o processo investigatório em liberdade. O balanço ao fim da ação resultou em 110 termos circunstanciados e 101 autos de infração.

Matéria relacionada a Maus tratos de Animais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!