Técnico Jorge Jesus com o coronavírus e Flamengo em choque

Todo o planejamento do futebol do clube está nas mãos do técnico. O português de 65 anos foi diagnosticado com o vírus. A Gávea se mobiliza

São Paulo, Brasil

A segunda-feira já havia começado trágica para Jorge Jesus.

Em Portugal, veio a confirmação da morte de seu grande amigo, que trabalhou com o técnico no Estrela Amadora.

O ex-massagista Mario Veríssimo.

Aos 80 anos, ele não conseguiu sobreviver ao coronavírus.

O técnico do Flamengo pediu que o Campeonato Carioca fosse paralisado e não só os jogos fossem sem torcida.

Não teve o apoio da diretoria, que desejava ‘se livrar’ logo do Estadual para focar nas competições realmente com valor no calendário: Copa do Brasil, Libertadores e Brasileiro.

Apesar de o vice de consulados e embaixadas, Mauricio Gomes de Mattos, já ter sido confirmado com o coronavírus, a preocupação na Gávea era normal.

A direção decidiu examinar todo o elenco.

Os jogadores escaparam ilesos.

E a revelação surgiu no final desta tarde de segunda-feira.

Os exames de Jorge Jesus deram positivo para o coronavírus.

Ele está na faixa etária mais perigosa da doença.

Tem 65 anos.

Assim que a notícia foi divulgada, o clube tratou de assegurar o melhor tratamento possível para o ‘Mister’.

Nenhum treinador do futebol brasileiro tem tanto comando quanto Jesus

Nenhum treinador do futebol brasileiro tem tanto comando quanto Jesus

Flamengo

Os testes serão refeitos, mas há pouca esperança que o resultado não se confirme. 

O vírus provoca uma infecção respiratória que começa com sintomas como febre e tosse seca e, ao fim de uma semana, pode provocar falta de ar.

De acordo com uma análise da Organização Mundial de Saúde, baseada no estudo de 56 mil pacientes, 80% dos infectados desenvolvem sintomas leves (febre, tosse e, em alguns casos, pneumonia).

Cerca de 14% sintomas severos (dificuldade em respirar e falta de ar),

E 6% doenças sérias (insuficiência pulmonar, choque séptico, falência de órgãos e risco de morte).

Quanto mais idosa a pessoa infectada, mais delicada a situação.

A suspensão do futebol no país e na América do Sul veio a calhar.

Todo o planejamento do futebol do Flamengo passa por Jorge Jesus.

Sem complicações, uma pessoa com o coronavírus pode se curar entre três semanas e dois meses.

Repouso, ingestão de muito líquido, vitaminas, alimentação reforçada, em casos leves, como uma gripe comum.

Nos casos piores, há a necessidade de oxigênio.

E nos graves, a intubação, a ventilação mecânica é obrigatória.

Jorge Jesus já está em repouso.

A tensão domina a Gávea…

Jorge Jesus, no começo da noite, confirmou o diagnóstico

Jorge Jesus, no começo da noite, confirmou o diagnóstico

Reprodução/Instagram

(Jorge Jesus confirmou estar com o coronavírus.

“Olá, boa tarde, no Brasil, boa noite em Portugal. É verdade que meu teste deu positivo. É verdade que eu me sinto normal, hoje sinto exatamente como sentia há um mês, há um ano, há dois anos, três, quatro.

“Sinto-me uma pessoa completamente normal, não vejo sintoma nenhum. Mas é verdade que o teste deu positivo e vou ficar de quarentena.

“Quero agradecer o carinho de todos os meus amigos, aos fãs, aos meu seguidores e à nação flamenguista, por terem partilhado comigo essa minha situação, que penso que, mais semana, menos semana, se Deus quiser, vai acabar, vou voltar à normalidade.

“Um beijo a vocês todos e estou muito confiante”

Mas sua quarentena já começou.

Sem contato com os jogadores do Flamengo…)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.