Lucro da JBS dispara no quarto trimestre e supera previsões

O lucro líquido de 2,43 bilhões de reais para os últimos três meses do ano passado representa um salto sobre os cerca de 560 milhões obtidos um ano antes

JBS, maior processadora de carne do mundo, publicou nesta quarta-feira lucro líquido de 2,43 bilhões de reais para o quarto trimestre do ano passado, um salto sobre os cerca de 560 milhões obtidos um ano antes e acima do esperado por analistas.

O desempenho foi apoiado por forte demanda da China, que ampliou importações de alimentos após a epidemia de peste suína africana que atingiu seu rebanho.

A JBS teve lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização de 5,67 bilhões de reais nos três últimos meses do ano passado, ante expectativa média de analistas compilada pela Refinitiv de 5,53 bilhões.

A companhia, dona de marcas como Seara e Swift, teve alta de quase 21% na receita líquida do período, para 57 bilhões de reais.

Na divisão de bovinos no Brasil, a JBS registrou crescimento de quase 100% nas vendas à China, com os volumes avançando 61% e os preços médios crescendo 23%, com reflexo da forte demanda do país asiático.

A divisão Seara, de alimentos processados, teve receita líquida de 5,7 bilhões de reais, alta de quase 24% sobre o quarto trimestre de 2018, graças a uma demanda ainda aquecida no Brasil e em mercados no exterior.

Em 2019, os volumes de embarques de suínos da JBS para a China a partir dos Estados Unidos subiram 10%. Já a Pilgrim´s Pride, companhia norte-americana controlada pelo grupo brasileiro e que vende produtos de carne de frango, teve alta de cerca de 25% na receita líquida do quarto trimestre, totalizando 12,6 bilhões de reais.

JBS: empresa divulgou o balanço do quarto trimestre de 2019 nesta quarta-feira (Brazil Photo Press/Getty Images)

A JBS encerrou 2019 com queda na alavancagem. A relação dívida líquida sobre Ebitda fechou o ano em 2,16 vezes em reais ante 3,18 vezes em 2018. Em dólares, a alavancagem caiu de 3,01 vezes para 2,13 vezes.

Curta a página do Portal dos Fatos e fique por dentro das principais notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *