Reabertura do comércio: Veja o que volta a funcionar no calendário do governo do Amazonas

O planejamento do governo do Amazonas, afirma comércio deve ser reaberto em ciclos, a cada período de 14 dias.

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), confirmou ontem terça-feira (26). que o comércio terá abertura gradual a partir do dia 1º de junho. A abertura vale somente para capital. Já no interior, cada prefeitura vai avaliar o retorno das atividades, disse ele. O calendário depende da evolução do número de novos casos de Covid-19. Se os casos aumentarem, o governador pode rever a decisão.

Wilson Lima já havia anunciado no último domingo (24), que a reabertura gradual do comércio em Manaus estaria condicionada à redução dos casos da Covid-19, levando em consideração a redução no número de mortes.

Segundo o planejamento do governo do Amazonas, as atividades devem ser reabertas em ciclos, a cada período de 14 dias, segundo informou o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Amazonas (FCDL-AM), Azury Benzion.

No primeiro ciclo estão previstas a reabertura do comércio de rua e shoppings ,mas apenas as lojas de serviços como artigos esportivos, para casa, vestuário, acessórios, calçados, óticas, de móveis e colchões, joalherias e relojoarias, comércio de artigos médicos e ortopédicos e lojas de variedades.

Também devem voltar a funcionar o atendimento presencial médico e odontológico, pet shops, serviços de publicidade, agências de turismo, concessionárias e revendas de veículos em geral, serviços públicos essenciais (com agendamento prévio) e floriculturas.

No comércio de rua, colaboradores do grupo de risco com comorbidades não devem voltar a trabalhar.

As empresas que fazem parte do primeiro ciclo devem providenciar aferição de temperatura na entrada do estabelecimento; o uso de máscaras por todos (clientes e funcionários); óculos, protetor facial e capotes para seguimentos que necessitem; álcool em gel disponível e lavagem de mãos periódicas de colaboradores e clientes; medidas de higiene do estabelecimento (Limpeza de chão e superfícies várias vezes por dia para desinfecção); demarcação, no chão da distância de 1,5 metro entre um cliente e outro e controle de acesso do número de pessoas por metro quadrado.os, limpar várias vezes o chão e demarcação de distância de 1,5 metro nas filas.

No dia 15 de junho inicia o segundo ciclo, onde está prevista a reabertura de restaurantes, cafés, padarias e fast-food para consumo local.

No dia 29 de junho abrem as atividades incluídas no terceiro ciclo, entre elas as igrejas e templos religiosos, academias e feiras livres, mas hoje quarta-feira (27), após reunião com pastores foi decidido que os templos podem voltar a realizar cultos religiosos partir do próximo domingo (31).

Pelo calendário – ainda não apresentado oficialmente pelo governo – no quarto ciclo, em 6 de julho reabrem as escolas privadas e cinemas.

No quinto ciclo, em 3 de agosto, estão incluídos os bares.

No sexto ciclo, em setembro, reabrem as casas de shows e eventos.

Os ciclos planejados:

1 CICLO: 1 DE JUNHO
-Lojas de artigos esportivos e afins
-Lojas de artigos para casa
-Lojas de vestuário, acessórios, calçados e afins
-Lojas de móveis e colchões
-Atendimento presencial, médico e odontológico (sujeito a agendamento prévio)
-Joalherias e relojoarias
-Comércio de artigos médicos e ortopédicos
-Serviços de publicidade e afins
-Petshops e afins
-Lojas de variedades
-Agências de turismo e afins
-Concessionárias e revendas de veículos em geral
-Óticas
-Serviços públicos essenciais (com agendamento prévio)
-Floriculturas

2 CICLO: 15 DE JUNHO
-Lojas de informática, comunicação, telefonia e materiais e equipamentos fotográficos
-Lojas de brinquedos
-Livrarias e Papelarias
-Lojas de departamentos e magazines
-Restaurantes, cafés, padarias e fast-food, para consumo no local (Bares não)
-Comércio de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal
-Lojas de eletrodomésticos, áudio e vídeo
-Comércio de animais vivos
-Comércio de bijuterias e semi-joias
-Comércio especializado de instrumentos musicais e acessórios
-Comércio de equipamentos de escritório
-Escritórios Contábeis
-Escritórios de Imobiliárias (Stands de venda, não)
-Assistência Técnica de eletrônicos, eletrodomésticos e demais itens
-Bancas de jornais e revistas

3 CICLO: 29 DE JUNHO
-Igrejas e templos
-Lojas de artesanatos e souvenires
-Cabelereiros, barbearias e outras atividades de tratamento de estética e beleza
-Comércio varejista de doces, balas, bombons e semelhantes
-Academias e similares
-Comércio varejista de artigos de caça, pesca e camping
-Comércio de objetos de arte
-Comércio de fogos de artifício e artigos pirotécnicos
-Comércio varejista de armas e munições
-Feiras Livres
-Stands de vendas de imobiliárias
-Reabertura dos Parques públicos, aparelhos urbanos e visitas a atrações turísticas. com informações do 18h.

Curta a página do Portal dos Fatos e fique por dentro das principais notícias.

Leia mais: