Patroa da mãe de Miguel está cadastrada no auxílio, diz site

Pedido para benefício, feito em nome da esposa do prefeito de Tamandaré, teria sido feito em maio

Sari Gaspar Corte Real, ex-patroa da mãe do menino Miguel, morto após cair de um prédio no Recife, teve seu nome cadastrado para receber o auxílio emergencial, segundo o portal Notícia Preta.

A solicitação para o auxílio aparece no site do Dataprev, voltado para consulta do auxílio emergencial. O pedido do benefício teria sido feito no dia 14 de maio e consta “em análise”.

Sari é esposa de Sérgio Hacker (PSB), prefeito de Tamandaré. Ela é acusada de homicídio culposo pela morte de Miguel, que ficou em seu apartamento enquanto a mãe dele, Mirtes Renata, levou o cachorro da família Corte Real para passear. Imagens de uma câmera do edifício mostraram que Sari deixou a criança sozinha no elevador.

A esposa de Hacker chegou a ser presa, mas pagou fiança de R$ 20 mil e responderá em liberdade.

Se liga! siga o PORTAL DOS FATOS no FacebookYoutube Instagram e entre no nosso Grupo de WhatApp para fica por dentro das informações com verdade, não temos apoio de órgãos governamentais.

Matérias relacionadas:

error: O conteúdo está protegido !!