Por que o estilo vitoriano é o novo boho (Mistura de Estilo)

O desejo por um estilo rústico, com ares campestres e vintage vem direto da virada do século. Aqui, explicamos a volta da era vitoriana na moda.

Golas altas, mangas bufantes com punhos fechados, babados, vestidos de mangas longas. Você já deve ter reparado – ou até desejado – alguma roupa com esses detalhes ultimamente, seja no feed das redes sociais, nas araras das lojas ou mesmo nas ruas. Misturadas com códigos atuais, estão de volta elementos da moda da era Vitoriana, equivalente ao reinado da Rainha Vitória, na Inglaterra, de 1838 a 1901. 

Alexander McQueen verão 2019 (Foto: Getty)
Alexander McQueen verão 2019 (Foto: Getty)

É fato que a moda é cíclica e olha para o passado para pensar novas formas de vestir o futuro. Deixando um pouco de lado as décadas recentes de 60, 70 e 80 – e principalmente o boho –  a moda vem emprestando esses elementos da virada do século e misturando com silhuetas atuais para criar um novo contraste.

Há algo na escolha desse período que diz muito sobre o nosso contexto. De forma geral, há um desejo renovados pela alfaiataria e a elegância do corte vintage – vide as passarelas que trocaram o sportwear por blazers, calças e camisas bem cortadas. Junte isso com uma nostalgia (e romantização) de outras épocas e desejo pelo retrô que surfa na onda da sustentabilidade, com a busca por peças de segunda mão e brechós. Um estudo recente da ThredUp espera que o mercado de revenda de moda seja duas vezes maior que o de fast fashion até 2029. 

Erdem verão 2019 (Foto: Getty)
Erdem verão 2019 (Foto: Getty)

Esse retorno ao modo vitoriano de se vestir vem permeando a moda há algumas temporadas e vem aparecendo em desfiles de Alexander McQueen, Dior, Louis Vuitton e Erdem. Ele vem com um perfume campestre e rústico – algo que sempre nos atraiu pelo boho, estilo que foi massivamente produzido, relido e consumido.

No entanto, há, claro, suas diferenças. Hea uma sisudez e austeridade no estilo vitoriano que é quase oposta ao imaginário que emabala o boêmio dos anos 70. Se os dois estilos se encontram no romantismo, em trabalhos manuais como bordados, rendas e tricôs, eles divergem nos comprimentos das saias e nos decotes (que são mais altos e fechados para as roupas mais antigas, por exemplo. 

De forma prática, para adotar o estilo vitoriano no dia a dia, pense em combinar calças de cintura alta com blusas de babados e mangas volumosas ou golas altas com detalhes. As blusas de decote casinha de abelha ou amarrações são também favoritas. Um dos vestidos preferidos da próxima estação será amplo, volumoso e com drapeados. Nos acessórios, as bolsas pequenas com detalhes vintage, como as de metal, com fecho da vovó. As botinhas de cano curto, bico fino e amarração são outras favoritas. A seguir, compilamos alguns looks para você se inspirar.

Vitoriano casual 

Troque a camisa branca básica por uma camisa vitoriana e combine com jeans. Nos pés, dá para usar desde botas de cano curtosandálias “naked” ou até tênis branco

Combine camisa vitoriana com jeans (Foto: Getty)
Combine camisa vitoriana com jeans (Foto: Getty)
Combine camisa vitoriana com jeans (Foto: Reprodução/ Tsangtastic)
Combine camisa vitoriana com jeans (Foto: Reprodução/ Tsangtastic)

Vitoriano moderno

Misture referências e épocas combine uma camisa de estilo vitoriano com acessórios como colares de corrente ou calça cargo

Combine camisa vitoriana e elementos vintage com acessórios de outras épocas (Foto: Getty)
Combine camisa vitoriana e elementos vintage com acessórios de outras épocas (Foto: Getty)

Vitoriano X esporte

Na mesma onda, crie contraste fortes não apenas de cor mas combinando os elementos românticos do estilo vitoriano com peças de sportwear, como faz aqui a influencer Tamu McPherson

Aposte na mistura de elementos da moda vitoriana com sportwear (Foto: Getty)
Aposte na mistura de elementos da moda vitoriana com sportwear (Foto: Getty)

Vestido vitoriano 

Aposte nos vestidos prairie, típicos da época, com golas arredondadas ou altas e rendadas, comprimento e mandas longas. Quem prefere não pisar tão fundo na tendência pode escolher peças que reinterpretas e adotam com mais sutileza esses elementos, como os vestidos amplos com uma camada de babado e mangas levenmente bufantes.

Vestido vitoriano: aposte nos elementos clássicos da tendência, como golas altas ou redondas, estampas florais e comprimentos longos (Foto: Reprodução/Instagram)
Vestido vitoriano: aposte nos elementos clássicos da tendência, como golas altas ou redondas, estampas florais e comprimentos longos (Foto: Reprodução/Instagram)
Vestido vitoriano: aposte nos elementos clássicos da tendência, como golas altas ou redondas, estampas florais e comprimentos longos (Foto: Reprodução/Instagram Tamu McPherson)
Vestido vitoriano: aposte nos elementos clássicos da tendência, como golas altas ou redondas, estampas florais e comprimentos longos (Foto: Reprodução/Instagram Tamu McPherson)

Aposte nos acessórios 

Ao invés das clássicas camisas vitorianas, saias de babados ou vestidos, é possível apostar nos acessórios como as botas de cadarço, bem curvadas, que lembram as amarrações dos espartilhos. 

Aposte nas botinhas de estilo vitoriano (Foto: Getty)
Aposte nas botinhas de estilo vitoriano (Foto: Getty)
Aposte nas botinhas de estilo vitoriano (Foto: Getty)
Aposte nas botinhas de estilo vitoriano (Foto: Getty)