Candidato a prefeito é baleado quando voltava de reunião política

O partido disse que o candidato foi vítima de um atentado quando retornava de um evento da agenda política

Um dos candidatos à prefeito de Parauapebas, localizado no sudeste do Pará, foi baleado na noite de quarta-feira (14). De acordo com testemunhas, o carro de Júlio César (PRTB) foi interceptado quando ele voltava de uma reunião na vila de Carimã.

O atentado aconteceu por volta das 20h. Uma caminhonete teria se aproximado do carro do candidato e feito os primeiros disparos. No veículo estavam três pessoas.

Ainda na estrada vicinal um terceiro veículo estava atravessado na pista. As vítimas escaparam do bloqueio e tentaram fugir, mas continuaram sendo perseguidas pela caminhonete.

Júlio césar, que estava no banco do carona foi atingido no peito por um dos disparos. Os demais ocupantes ficaram feridos. A Polícia Civil está investigando o caso.

Em nota, o partido disse que o candidato de 32 anos foi vítima de um atentado quando retornava de um evento da agenda política e que está internado em um hospital particular onde familiares aguardam pelo boletim médico na manhã desta quinta-feira (15).