Delegado diz que Flordelis “é a mais perigosa” do caso

Declarações de Allan Duarte foram dadas durante audiência, na sexta-feira

Durante audiência, na sexta-feira (13) sobre a morte do pastor Anderson do Carmo, o delegado Allan Duarte, ex-titular da Delegacia de Homicídios de Niterói, disse que a deputada Flordelis “é a mais perigosa” de todos os réus do caso. O delegado destacou que o assassinato não teria acontecido sem a parlamentar.

– Na verdade, esse assassinato não teria ocorrido sem ela. De todos os sentados ali respondendo por esse crime, ela é a mais perigosa. Esperamos que a Câmara [dos Deputados] casse o mandato dela pra que ela responda por isso – declarou.

Duarte acredita que “não há dúvidas” de que Flordelis foi a mandante do assassinato. Para ele, o motivo do crime foi financeiro.

– A motivação foi financeira. Com relação a forma como pastor geria a casa. Pela forma diferenciada que tratava os filhos. Ela foi responsável por arquitetar o plano e convencer as pessoas para que o crime fosse cometido – falou.