Trump critica decreto na Geórgia que torna impossível verificar cédulas

Presidente americano se pronunciou por meio de rede social

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse neste sábado (14) que o Decreto de Consentimento assinado pelo secretário de Estado da Geórgia, com a aprovação do governador Brian Kemp, torna impossível verificar assinaturas em cédulas e envelopes.

– O Decreto de Consentimento assinado pelo secretário de Estado da Geórgia, com a aprovação do governador Brian Kemp, a pedido de Stacey Abrams, torna impossível verificar e combinar assinaturas em cédulas e envelopes, etc. Eles sabiam que iam trapacear – disse o presidente americano, em sua conta no Twitter.

Na sexta-feira (13), veículos da imprensa americana como NBC, The New York Times e Washington Post projetaram vitória de Joe Biden no estado da Geórgia e de Donald Trump na Carolina do Norte, apontado para um resultado final de 306 a 232 delegados com vantagem do democrata.