Promoter é preso pela PCDF em operação durante “festa do boquete”

De acordo com as investigações, um evento clandestino era amplamente divulgado nas redes sociais. A previsão era de um enorme público

Um promoter conhecido por organizar festas clandestinas foi preso, em flagrante, pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), durante uma operação que acabou com um evento irregular, em Samambaia, no sábado (9/1). A ação ocorreu após investigações conduzidas pela 32ª Delegacia de Polícia (Samambaia) e contou com o apoio da Divisão de Operações Especiais (DOE) e da Polícia Militar (PMDF).

De acordo com as investigações, uma grande festa clandestina era amplamente divulgada nas redes sociais com previsão de atrair enorme público. “As equipes realizaram diligências no local, onde restou confirmado que o organizador não tinha a respectiva licença da administração regional para a realizar a comemoração”, explicou o delegado Fernando Rodrigues.

Os agentes ainda verificaram flagrantes de desrespeito às medidas sanitárias decretadas pelo governo local em combate à Covid-19, colocando em risco a saúde pública da população do Distrito Federal.

“O envolvido foi preso em flagrante e conduzido à delegacia, onde acabou autuado, em flagrante, pela prática do crime de infração de medida protetiva sanitária. Ele deverá, posteriormente, comparecer à Justiça”, finalizou o delegado.