Governo do Amazonas renova contrato milionário de divulgação, em plena pandemia

Termo Aditivo ao contrato com a empresa 1001 Filmes Produções e Eventos Ltda. vale por mais 12 meses, para divulgação de ações e propaganda governamentais.

O governo do Amazonas, via Secretaria de Comunicação (Secom) publicou o primeiro Termo Aditivo ao contrato com a empresa 1001 Filmes Produções e Eventos Ltda. por mais 12 meses, para divulgação de ações e propaganda governamentais, com início em 05/03/2021 e término em 04/03/2022, com valor estimado de R$ 5.939.954,88, perfazendo o valor mensal também estimado de R$ 494.996,24.

O contrato original foi publicado em março do ano passado, com dispensa de licitação, em plena pandemia de Covid-19 para “fornecimento e implantação do Programa de Construção de Conteúdo Institucional”, “descritos no Anexo I do Edital do Pregão Eletrônico nº 02/2019, realizado pelo Consórcio Público do Extremo Sul (Copes)”: realização de cobertura jornalística incluindo a distribuição destes conteúdos para os veículos de comunicação e programas independentes, “pelos meios físicos e/ou eletrônicos”.

O Termo Aditivo, publicado no Diário Oficial do Estado do último dia 26/02, diz que os referidos valores são meramente estimativos, de forma que os pagamentos devidos dependerão dos quantitativos de serviços efetivamente prestados. Em 2020, a empresa recebeu R$ 4,85 milhões da Secom e, este ano, até esta segunda-feira 01/03), já tem empenhados R$ 1,05 milhões, de acordo com os números no Portal da Transparência do Estado.

A 1001 Filmes é dos empresários Nilio Portela e Tulio Mene, donos da Mene e Portella Publicidade Ltda., que em 2020 recebeu R$ 45,2 milhões via Secom.  Em 2021, a Mene e Portela já recebeu R$ 9,4 milhões. Na Lei Orçamentária (LOA) para 2020, o governador Wilson Lima aumentou em 75% a previsão de gastos com publicidade e divulgação do seu governo. Nos dois primeiros anos de governo, a gestão pagou R$ 191,3 milhões via Secom.

2 comentários em “Governo do Amazonas renova contrato milionário de divulgação, em plena pandemia

Fechado para comentários.