Datena revela ao vivo que fumou maconha: “Fiquei doidão”

Declaração foi feita em conversa com a apresentadora do Melhor da Tarde

Nesta segunda-feira (13), em uma conversa ao vivo com a apresentadora do programa Melhor da Tarde, Cátia Fonseca, o jornalista José Luiz Datena assumiu já ter fumado maconha.

Quando o Melhor da Tarde estava encerrando, foi feita uma passagem ao vivo para o início do Brasil Urgente, com uma interação entre os apresentadores dos dois programas. Cátia comentava sobre boatos de que o ator Brad Pitt gosta de “dar um tapa na pantera”, expressão utilizada como sinônimo de “fumar maconha”.

Ao ouvir Cátia dizendo que nunca fumou maconha nem cigarros convencionais, Datena se mostrou surpreso com a resposta da colega e lembrou da experiência que teve com a droga.

– Eu fumei maconha uma vez, quando era moleque. Fiquei doidão e nunca mais fumei na minha vida. Beber, eu bebia demais. Eu bebia e ficava mais doido que os meninos que usavam drogas – afirmou.

Apesar da declaração, Datena criticou o livre comércio da droga em alguns países.

Na última sexta-feira (10), o apresentador também comentou o episódio durante o Brasil Urgente, mas não deu detalhes. Na ocasião, porém, ele disse que o consumo excessivo de cerveja o levou a perder parte do pâncreas.

Leia mais: