Garoto de 13 anos mata a irmã de 15 com tiro acidental

Fuzil pertencia ao pai dos irmãos

Um adolescente de 13 anos atirou acidentalmente e matou a própria irmã, de 15 anos, no início da noite deste sábado, na pequena cidade italiana de San Felice del Benaco, que fica na região da Lombardia.

Ao chegar à residência, a polícia encontrou a jovem atingida no peito com um tiro de arma de caça. O fuzil pertence ao pai dos irmãos. A vítima já estava sem vida, e o óbito foi declarado no local.

Inicialmente, os policiais informaram que foi o pai quem havia disparado de modo acidental. No entanto, em depoimento na delegacia, o pai informou que o disparo foi efetuado pelo filho de 13 anos.

De acordo com o pai, ele estava mostrando aos filhos a arma de caça, legalizada e registrada, quando o garoto, sem querer, apertou o gatilho. O disparo atingiu em cheio a menina.

Por se tratar de um adolescente, o garoto é considerado inimputável, ou seja, ele não pode ser julgado pela morte da irmã. Já o pai irá responder por omissão no armazenamento da arma e por ter colocado o fuzil na mão do filho. A polícia também confiscou o armamento.

Leia mais:

error: O conteúdo está protegido !!