Universo: telescópio James Webb chega ao espaço pronto para revolução

A Nasa lançou o novo telescópio espacial James Webb há quase um mês, no Dia de Natal. Mas só neste domingo, 23 de janeiro, ele deve chegar ao local em que vai ficar no espaço

A Nasa lançou o novo telescópio espacial James Webb há quase um mês, no Dia de Natal. Mas só neste domingo, 23 de janeiro, ele deve chegar ao local em que vai ficar no espaço. É um ponto chamado Lagrange 2, que, aqui, vamos tratar carinhosamente de L2.

E eu não vou dar detalhes, porque esta edição do Universo está repleta de muita gente boa – bem mais gabaritada do que eu – para contar onde vai ficar o James Webb, como ele vai funcionar e o que podemos esperar desse telescópio.

Vamos começar, então, com o professor Paulo Sergio Bretones, do Departamento de Metodologia de Ensino da Universidade Federal de São Carlos.

O professor explica para gente em qual local no universo vai ficar o telescópio James Webb. Conta sobre como a gente chegou até e como foi a evolução dos telescópios. Bretones também fala dos custos do James Webb e de como foi a concepção do projeto desse telescópio.

Em seguida a gente bate um papo com professor do Departamento de Astronomia da Universidade de São Paulo, Roberto Costa. O professor explica quais são os próximos passos que vão ocorrer depois que o telexcópio chegar ao ponto Lagrange L2 e quando de fato ele entra em operacionalização completa.

O professor Costa faz um paralelo deste telescópio com o Hubble e conta qual o futuro deste antigo e pioneiro aparelho lançado ao espaço.

O James Webb vai conseguir ver um espectro de luz que o Hubble não alcança para mergulhar no passado. Por isso, a gente deve ter avanços consideráveis na pesquisa sobre a primeira geração de estrelas e as origens do Universo.  Astroarqueologia.

Em seguida, a gente conversa com o professor do Instituto de Física da Universidade de Brasília e da Pós-Graduação em Astrofísica Gravitacional e Física Espacial do Instituto Federal de Brasília, José Leonardo Ferreira. Bem-vindo, professor.

Ele explica o que foi preciso fazer com o James Webb para tornar possível essas observações mais antigas do universo.

Por fim, nossos três convidados especiais fazem uma retrospectiva de feitos do antigo telescópio Hubble e analisam qual o legado que poderá ser deixado pelo telescópio James Webb para a história.

O podcast Universo é uma produção da Rádio Nacional, que faz parte da Empresa Brasil de Comunicação. A produção é da Ariane Póvoa, a operação de áudio é do Thiago Coelho e a sonoplastia é do José Maria Pardal. Eu sou Victor Ribeiro, fiz o roteiro e apresentei este episódio.

Muito obrigado pela sua audiência e a gente se encontra pelo Universo.

error: O conteúdo está protegido !!