Papa Francisco pede que pais ‘não condenem’ filhos gays

Pontífice deu declarações nesta quarta-feira, durante audiência no Vaticano

Nesta quarta-feira (26), o papa Francisco disse que os pais não devem condenar filhos homossexuais, mas oferecer apoio a eles. Ele se pronunciou durante uma audiência no Vaticano.

A fala a respeito dos pais de filhos gays ocorreu enquanto o pontífice citou as dificuldades que famílias podem enfrentar na criação de filhos.

— Pais que veem diferentes orientações sexuais em seus filhos questionam como lidar com isso, como acompanhar seus filhos e não se esconder atrás de uma atitude de condenação — disse Francisco.

Em outra ocasião, Francisco destacou que gays têm o direito de serem aceitos por suas famílias como filhos e irmãos. Ele também já disse que o catolicismo não aceita o casamento entre pessoas do mesmo sexo, mas endossa a proteção legal dessas uniões na esfera civil, segundo informações do jornal O Globo.

Papa Francisco Foto: EFE/Alberto Pizzoli

Leia mais:

error: O conteúdo está protegido !!