Bombeiros ampliam buscas por paraquedista em ambiente de selva

O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) informou que intensificou, na manhã desta segunda-feira (18/04), as buscas pelo paraquedista desaparecido desde a sexta-feira (15/04), na região do rio Negro, próximo à ponte Phelippe Daou. Além das buscas pelo rio, as ações serão ampliadas em ambiente de selva, conforme o comandante-geral do CBMAM, coronel Orleilso Muniz.

“O Batalhão de Incêndio Florestal e Meio Ambiente (BIFMA), especializado em buscas e resgate na selva, vai atuar com outros militares das forças amigas, Polícia Militar e Polícia Civil, realizando uma varredura terrestre com a esperança de encontrar o paraquedista desaparecido”.

As buscas vão se concentrar a partir da cabeceira da ponte Phelippe Daou (região marcada em vermelho no mapa, na foto anexa).

O Aeroclube de Manaus vai ajudar com três jet skis, que serão empregados em ambientes onde as grandes embarcações não podem adentrar.

As buscas pelo paraquedista entram no quarto dia. Nesta segunda-feira, a força-tarefa conta com mais de 70 agentes empenhados para auxiliar nas buscas do paraquedista. Além disso, a atividade conta com lanchas das forças de segurança e aeronaves do Departamento Integrado de Operações Aéreas (Dioa), da SSP-AM.

Relembre o caso 

O salto de paraquedas ocorreu na tarde de sexta-feira, 15. O grupo de 14 paraquedistas deveria pousar no Aeroclube de Manaus, mas somente 10 deles conseguiram. Os demais  foram desviados para lugares distintos durante o temporal que atingiu Manaus. Destes, dois realizaram pouso de emergência  na zona oeste, apesar das dificuldades. Já os outros dois foram levados pelo vento para as proximidades da região metropolitana devido a forte chuva.

O Corpo de Bombeiros deu inicio as buscas na mesma tarde. Somente no inicio da manhã de sábado, 16, uma equipe de pilotos de drones independentes conseguiu localizar um dos desaparecidos, mas sem vida. O corpo da paraquedista, Ana Carolina Silva, de 23 anos, foi encontrado nas proximidades do distrito de Cacau Pirêra, município de Iranduba. A  vítima foi identificada por familiares.

Com informações da Assessoria

Fotos: Divulgação/CBMAM

error: O conteúdo está protegido !!