Lana vê justiça em virada e exalta papel da torcida: “O São Raimundo precisa disso”

A equipe amazonense saiu atrás jogando em casa, mas buscou a virada e conquistou os primeiros três pontos na Série D do Brasileirão

O São Raimundo iniciou sua caminhada na Série D do Campeonato Brasileiro vencendo o xará roraimense por 2 a 1, de virada, no Estádio da Colina. Mesmo com pouco tempo de treinamento, o time amazonense buscou controlar o jogo contra o atual hexacampeão de Roraima e acreditou até o final, apesar de ter saído atrás no placar com um gol contra.

Reestreando no comando Tufão após quase 20 anos, o técnico Aderbal Lana destacou o apoio torcedor alviceleste e detalhou a estratégia do Mundão, que veio a Manaus buscando travar o jogo do time da casa. Segundo ele, seria injusto o São Raimundo sair perdedor pelo volume de jogo que a equipe apresentou.

“Enfrentamos a melhor equipe da chave, que foi montada há anos. Temos uma semana de trabalho e a equipe deles estava fechada atrás, jogando por uma bola, o Neguet não fez uma defesa. Seria um crime a gente perder esse jogo. Graças a Deus virou, começamos bem. Espero ver a torcida no próximo jogo, foi emocionante, o São Raimundo precisa disso, é o renascimento desse clube, vamos apoiar”, disse.

Com três pontos na conta, o Tufão inicia a semana de preparação para a segunda rodada da competição, o primeiro desafio fora de casa. A equipe viaja até o Acre para enfrentar o Rio Branco no domingo (24), às 17 horas (de Manaus).

error: O conteúdo está protegido !!