É esta a chave para dormir melhor 

Insônias que não passam? Eis a solução!

Globalmente, 40% da população tem problemas de sono e, apesar de todas as recomendações para não se utilizar o telefone antes de dormir, a verdade é que mais de 60% das pessoas o fazem.

Tendo isso em mente, a Satisfyer reúne alguns conselhos sobre como otimizar o seu tempo no telefone e como o orgasmo pode ser uma mais-valia na hora de dormir.

Os orgasmos ajudam a dormir (assim como com a saúde em geral)

Muitas pessoas vão para a cama e sentem-se ansiosas com o estresse do dia já com as preocupações do dia seguinte na cabeça. Ter um orgasmo irá libertar oxitocina, que é conhecido por aliviar a ansiedade, melhorar o humor e aumentar a imunidade. Após o clímax, seja com um parceiro ou através da masturbação, o corpo liberta outro hormônio chamado prolactina, que promove a sensação de satisfação e felicidade, ao mesmo tempo que a produção de cortisol, um hormônio que induz o estado de alerta e excitação, diminuirá, o que significa que os nossos corpos estão em condições ótimas para dormir.

No caso das mulheres, há também um impulso de estrogênio após um orgasmo que não só as ajuda a adormecer rapidamente como também, proporciona um estado de sono mais profundo.

Os orgasmos durante o sono são uma realidade

Não é preciso estar acordado para ter um orgasmo. Sim, é verdade, os orgasmos durante o sono são uma realidade. Estudos têm demonstrado que ambos os sexos podem ter orgasmos durante o sono. Embora seja mais raro nas mulheres, o ‘orgasmo noturno’, como é conhecido, é uma combinação de fluxo sanguíneo elevado para a zona pélvica e um estado de relaxamento, o que aumenta a excitação. Muitas vezes será desencadeado por um sonho sexual e depois por um sono profundo, resultando num orgasmo sem qualquer estimulação externa. Algumas pessoas nunca os alcançam, e outras irão alcançá-los frequentemente.

error: O conteúdo está protegido !!