VÍDEO: Pastor da assembleia de Deus pede voto para Silas Câmara “Nosso deputado precisa de 50 mil votos”

Uma fala do pastor Moisés Melo, vice-presidente da Igreja Evangélica da Assembleia no Amazonas (IEADAM) gerou polêmica no último sábado (23). Durante o Seminário Geral de Homens de 2022, que aconteceu em Manaus, o pastor falou em votos que Silas Câmara, Joelson Silva (vereador de Manaus) e Dan Câmara (coronel da Política Militar) precisam nas próximas eleições para se elegerem. O trio esteve no palco, ao lado do pastor Moisés Melo que discursava.

Moisés Melo enfatizou que somente na capital, a IEADAM possuí aproximadamente 150 mil membros e seguiu. “O nosso deputado Silas precisa, em Manaus, de pelo menos 50 mil votos. Mas nós podemos chegar a dar 80 mil se nós quisermos, ou até mais. Os homens creem assim, Amém. Em Manaus, fora o interior do Estado. Os nossos queridos Dan e Silas, só Manaus pode elegê-los. O que vier do interior será uma bênção. Quantos creem que isso é possível digam glória a Deus”, bradou o pastor.

Ainda segundo Melo, a pretensão dos votos é para recolocar Silas na Câmara dos Deputados e eleger Dan e Joelson para a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

E continuou. “Se você levanta a mão, abre a boca e se isso não é realmente algo verdadeiro, você não é homem de verdade. Mas aqueles que aqui estão são homens levantados por Deus, com propósito nessa Terra para fazer a diferença. E Manaus, o Amazonas e o Ieadam vão se levantar e nós vamos fazer com que o deputado Silas volte ao Congresso e os nossos Dan e Joelson cheguem à Assembleia Legislativa do Amazonas [Aleam]”, afirmou Moisés Melo.

O encontro foi transmitido ao vivo pelo canal da TV Boas Novas no Youtube, e entre muitas mensagens de apoio dos fieis, houve quem desconfiasse da atitude do pastor. “Só politicagem”, comentou uma internauta. A prática de pedir votos, direta ou indiretamente, ainda está proibida de acordo com o calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Veja o vídeo a partir de hora 4, minuto 22:

LEIA MAIS:

error: O conteúdo está protegido !!