“Cotão” da CMM aumentou de valor em 83%; veja quis os vereadores que votaram para esse aumento de de R$18 para R$ 33 mil

Manaus (AM) – Nesta sexta-feira (29), O desembargador Paulo Lima revogou os efeitos da decisão da juíza Etelvina Lobo, que suspendia o reajuste de 83% do Cotão. Os vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM), devem estar felizes por conta da aprovação do projeto de lei que visa o aumento, para 2022, de 83% a verba da Cota para Exercício Parlamentar (CEAP), conhecido como “Cotão”. Dos 41 vereadores da Casa, 39 votaram. Assim, foram 36 favoráveis ao aumento do valor de R$18 mil para R$ 33.086,05. Três parlamentares votaram contra e dois não registraram voto.

Anteriormente, as despesas mensais da CMM com a CEAP estavam fixas em R$ 720 mil, agora passarão a girar em torno de R$ 1.323.442,00. A matéria foi votada em regime de urgência e “de surpresa” segundo vereadores contrários ao aumento.

Foto: Divulgação

Leia mais:

error: O conteúdo está protegido !!