Deputado Marcelo Ramos divulga vídeo explicando o ocorrido no município de Tefé, no Amazonas onde foi hostilizado

O senador Omar Aziz (PSD-AM), deputado federal Marcelo Ramos (PSD-AM), e outros parlamentares, foram surpreendidos com agressões verbais durante uma visita realizada ao município de Tefé, distante 523 quilômetros de Manaus, na manhã deste sábado (30). O parlamentar atribuiu, em nota, que as ofensas são de ‘cabos eleitorais bolsonaristas’.

Em comunicado, ele afirmou que esses indivíduos foram “supostamente pagos pela ‘sucursal do gabinete do ódio’ do Amazonas pela proximidade com que o principal agressor aparece nas redes sociais com assessores bolsonaristas contumazes distribuidores de fake news em meu estado.”

E citou que o mesmo episódio vem ocorrendo com outros políticos de oposição ao presidente da República por todo o Brasil como os presidenciáveis Luiz Inácio Lula da Silva e Ciro Gomes.

“Juntam um pequeno grupo de pessoas para ações baixas como estas, que certamente se agravarão com o avançar da campanha eleitoral. Elas expõem uma estratégia coordenada de violência e intimidação para calar os críticos do presidente”, ressaltou em nota.

E acrescenta que o desfecho “não foi favorável a eles porque, além da calorosa recepção que tivemos em Tefé, os agressores acabaram expulsos da padaria.” O deputado federal disse ainda que as intimidações a ele não o calará diante do decreto que reduz o IPI e prejudica a Zona Franca de Manaus.

“Mas não conseguirão me intimidar nem calar as críticas que faço aos decretos do presidente da República que ameaçam os empregos da Zona Franca e a economia do nosso Amazonas, bem como sua leniência com os crimes contra a floresta, o povo da Amazônia e o povo brasileiro”, finalizou.

VEJA O VÍDEO:

ENTENDA O CASO:

error: O conteúdo está protegido !!