Nayara Maksoud é a nova diretoria do hospital Francisca Mendes

A Fundação Hospital do Coração Francisca Mendes (FHCFM) conta, a partir deste sábado (30/04), com uma nova gestão. A secretária executiva de Gestão da Atenção à Saúde, Nayara Maksoud, assume a direção da unidade no lugar do médico Silas Fernandes, que solicitou saída do cargo, e continua se dedicando, com sua expertise, ao hospital, que é referência em cirurgia cardíaca na região.

“Minha prioridade é garantir a continuidade dos serviços na unidade e salvar ainda mais vidas, pois sabemos que, quanto mais precoce for o tratamento das doenças cardiovasculares, melhor é para o paciente. Essa não foi uma decisão fácil, tendo em vista a excelência no trabalho desenvolvido pela secretária Nayara, mas é uma medida necessária para que possamos reformular o fluxo de atendimentos no Francisca Mendes e melhorar ainda mais a qualidade do serviço”, afirma Anoar Samad, secretário de Estado de Saúde.

Nayara Maksoud, que até então era a secretária responsável por gerir as políticas públicas voltadas à saúde, agradeceu a confiança e a possibilidade de um novo desafio no hospital Francisca Mendes.

“O período pós-pandemia trouxe como uma das consequências o aumento das doenças cardiovasculares, e o Francisca Mendes é uma referência de alta complexidade para a região Norte. Vamos implementar estratégias necessárias, como a ampliação do acesso à unidade, a gestão de leitos e a reorganização dos fluxos”, afirmou Nayara.

Silas Fernandes agradeceu o apoio que recebeu durante o período em que esteve à frente da unidade.

“Foi uma experiência muito boa, enriquecedora, fantástica. As palavras são de agradecimento, muito obrigado pela oportunidade. Estou à disposição para o que for necessário”, afirmou o médico, que segue atuando como cirurgião na unidade.

Reforma

Em março, a SES-AM, em parceria com a Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), anunciaram um pacote de obras para a saúde, que inclui reformas para o Hospital Francisca Mendes.

A unidade hospitalar deverá receber obras estruturais e ampliação de setores importantes para melhorar o atendimento assistencial aos pacientes cardiopatas do Amazonas.

error: O conteúdo está protegido !!