Homem invade igreja e ameaça pastora com arma de fogo falsa

Mabel Silvestri pregava para 2,5 mil pessoas quando o homem avançou em sua direção

Um homem invadiu um templo evangélico na cidade de Rosário, na Argentina, e ameaçou uma pastora com uma arma de fogo, que mais tarde foi confirmada como sendo uma réplica. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (2) por fontes do centro religioso.

O incidente ocorreu na noite do último sábado (30), quando a Igreja Evangélica Missionária Argentina sediou um encontro religioso transmitido ao vivo por uma rede social.

O vídeo mostra um homem entrando no templo, avançando em direção ao púlpito e ameaçando a pastora Mabel Silvestri que estava falando naquele momento. Ele apontou para a pastora o que parecia ser uma arma de fogo.

A cena causou surpresa e terror entre os fiéis, até que os colaboradores da pastora conseguiram pegar o homem, de cerca de 35 anos. Eles o descreveram como uma pessoa com “desequilíbrios psiquiátricos”.

– Estou muito bem. Mais uma vez vimos a mão de Deus e agradecemos a Deus – disse a pastora, em outro vídeo.

Por sua parte, o pastor Pablo Silvestri, chefe do templo e filho de Mabel, disse que o incidente ocorreu quando o local estava cheio, com cerca de 2,5 mil pessoas, durante o último culto religioso no sábado.

– Foi um momento feio. Ninguém sabe quem ele é. Ele tinha um estado de alteração mental muito forte e não dizia nada coerente. Aparentemente, ele queria fazer algum tipo de discurso – disse Silvestri à emissora Radiofónica, da cidade de Rosário.

O pastor contou que houve uma “ação heroica” de alguns colaboradores, que se jogaram em cima do homem para defender a pastora “no meio da gritaria”.

– Minha mãe é impecável, ela é um carvalho. Ela é firme – acrescentou, comentando o estado de Mabel.

*EFE

Leia mais:

error: O conteúdo está protegido !!