Câmara aprova piso salarial da Enfermagem, com voto do deputado Delegado Pablo

Foi aprovado na noite de quarta-feira (04/05), na Câmara dos Deputados, projeto de lei 2564/2020, que cria o piso salarial para os profissionais de Enfermagem. Com a aprovação, nenhum trabalhador da área, em qualquer parte do Brasil, receberá salário inferior a R$ 4.750.

A votação teve a participação do deputado federal do Amazonas, Delegado Pablo (UB), que votou favorável ao projeto. “É o reconhecimento de milhares de trabalhadores em todo Brasil, que sofriam com diferenças gritantes nos salários”, afirmou Pablo.

“Agora, os profissionais terão um piso nacional, tanto nas regiões sul e sudeste do País, como nos municípios do interior do Amazonas”, explicou.

Além dos enfermeiros de hospitais públicos e particulares, terão direito à melhoria salarial os técnicos de enfermagem, auxiliares e parteiras, conforme garante o projeto de lei.

No caso dos técnicos de enfermagem, o reajuste será de 70% do valor integral do piso. Auxiliares e parteiras, a proporção prevista é de 50%.

O projeto foi aprovado por 449 votos a favor e 12 contra. Como já passou por várias comissões técnicas na Câmara, o texto segue agora para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

“É direito dos profissionais de Enfermagem receber um salário digno, correspondente com o trabalho exemplar realizado tanto nas grandes cidades, como nas comunidades mais distantes do nosso Brasil”, completou Pablo.

error: O conteúdo está protegido !!