Mulher trans é assassinada a tiros em praça do Jorge Teixeira

Segundo as informações repassadas pela polícia, a vítima usava uma blusa rosa com uma bermuda jeans e tinha uma tatuagem da folha “canábis” na perna direita. Ela saiu da casa onde morava com duas amigas, por volta de 2h da madrugada para ir a uma praça, depois, a vítima chegou no local e testemunhas relataram que só ouviram os disparos de arma fogo contra ela. A vítima foi atingida com dois tiros na região da nuca e morreu no local.

Policiais da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados para isolar a área do crime até a chegada do Departamento de Polícia Técnico Científico (DPTC).

No local ninguém soube informar quem seria o suspeito de atirar contra a vítima. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e o caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Leia mais:

error: O conteúdo está protegido !!