URGENTE: Hospital 28 de Agosto está sem a dipirona sódica injetável que alivia a dor 30 minutos

Manaus/AM: Na noite desta-segunda-feira (13), enfermeiro do Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, na zona centro-sul de Manaus, uma das maiores unidades da rede de urgência e emergência do Amazonas, denúncia a falta de medicamento básico na unidade hospitalar, o medicamento mais usado para amenizar a dor de quem chega ao pronto-socorro precisando de alívio rápido, (DIPIRONA) Ação do medicamento: A dipirona sódica solução injetável é um medicamento utilizado no tratamento das manifestações dolorosas e febre. Para todas as formas farmacêuticas, os efeitos analgésico e antipirético podem ser esperados em 30 a 60 minutos após a administração e geralmente duram aproximadamente 4 horas. Um medicamento essencial para uma unidade do tamanho do hospital 28 de Agosto, jamais mais poderia faltar.

O enfermeiro Michal Lemos, fez a denúncia em seu Facebook, ele que foi exonerado por realizar diversas denúncias contra a gestão do governador Wilson Lima, que hoje é Réu, acusado de ser chefe de organização criminosa por desvio na compra de respiradores durante a pandemia.

Micheal Lemos, diz ter sido ameaçado de morte, após denúncias como comida estragada, falta de pagamento e esquema das empresas terceirizadas que operam na unidade hospitalar 28 de Agosto.

Veja o reservatório do medicamento vazio:

Prints da denúncia:

Matérias relacionadas:

LEIA MAIS:

error: O conteúdo está protegido !!