Bolsonaro “parabeniza” Fachin por “colaborar com narcotráfico”

Presidente referiu-se à limitação de operações policiais nos morros do Rio de Janeiro

O presidente Jair Bolsonaro subiu o tom das críticas ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), e disse que o magistrado colaborou com o narcotráfico. Bolsonaro se referia ao despacho de Fachin que, em 2020, proibiu operações policiais em comunidades no Rio de Janeiro durante a pandemia de Covid-19.

– Parabéns, ministro Fachin, tremenda colaboração com narcotráfico, com a bandidagem de maneira geral – declarou o presidente em participação no Brasil Investment Forum 2022, organizado pela ApexBrasil, em São Paulo.

O presidente também defendeu o direito ao questionamento a decisões da Justiça, sobretudo do STF.

– Não podemos criticar decisão? Por que não? Quem eles pensam que são? – seguiu o chefe do Executivo, sobre os ministros do STF.

Ainda no pronunciamento, Bolsonaro citou a atuação do governo federal na política agrária.

– Ninguém mais ouviu falar em MST no nosso governo. Levei paz ao campo e não foi na pancada. Demos título definitivo, provisório para 350 mil assentados. Pretendemos chegar a 400 mil no corrente ano – declarou.

*Com informações da AE

error: O conteúdo está protegido !!