Caso Dom e Bruno: PF faz reconstituição com Amarildo e diz que pode haver novas prisões

Manaus/AM – A Polícia Federal disse em coletiva na noite de quarta-feira (15),  que novas prisões devem acontecer a qualquer instante no caso do assassinato do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips. 

De acordo com a PF, restos mortais dos dois foram encontrados após Amarildo da Costa de Oliveira, o ‘Pelado’, ter confessado o crime e levado os investigadores ao local onde as vítimas foram mortas.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, Amarildo participou de uma reconstituição do crime, autorizada pela Justiça, onde também afirmou ter afundado a lancha de Dom e Bruno. 

Após restos humanos serem encontrados, a Polícia Federal afirmou que as escavações continuam e que o material encontrado será encaminhado para a central criminalística em Brasília, onde será realizada a identificação e se confirmado que pertencem a Dom e Bruno, serão encaminhados à família.

Leia mais:

error: O conteúdo está protegido !!