Ataque à viatura em frente a fórum de Manaus foi retaliação de facção criminosa rival

Detentos que estavam na viatura fuzilada haviam planejando a execução de um indivíduo da facção rival

Manaus – O ataque à uma viatura da Polícia Civil do Amazonas, ocorrido em frente ao Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, foi planejado por uma organização criminosa rival em retaliação ao ataque contra Joel Articlinio, vulgo “Dadinho”. O ataque à viatura aconteceu no dia 6 de janeiro deste ano na zona sul de Manaus.

No dia do ocorrido, a viatura levava três presos identificados como Matheus Danilo Barros Dias, 24, Patrick Reis De Sena, 28 e Antonio Marlon Silva dos Santos, 46, quando o veículo foi fuzilado por atiradores. Os três detentos organizaram a execução do rival “Dadinho” no dia 5 de janeiro, e tiveram as mortes ordenadas.

Dez indivíduos foram presos por envolvimento no ataque à viatura. O delegado Ricardo Cunha, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), esclareceu que o grupo foi preso em cumprimento de mandado de decisão judicial, ao longo das últimas duas semanas.

O grupo responderá por homicídio qualificado e organização criminosa e ficará a disposição do Poder Judiciário. Oito pessoas ainda estão sendo procuradas pelas equipes da DEHS, por envolvimento na ação criminosa, sendo eles:

Leia mais:

error: O conteúdo está protegido !!