Brasil confirma primeiros casos de varíola dos macacos

Dois dos casos de transmissão local são de dois homens do Rio de Janeiro, de 25 e 30 anos

BRASIL – O Ministério da Saúde confirmou nessa quinta-feira, 23, os primeiros casos de transmissão local de varíola dos macacos. Dos 16 casos da doença registrados no Brasil, 11 são considerados importados e os outros 5 são autóctones, ou seja, foram transmitidos por pessoas que não viajaram recentemente para o exterior e não tiveram contato com viajantes.

Dois dos casos de transmissão local são de dois homens do Rio de Janeiro, de 25 e 30 anos, que não viajaram para fora do país recentemente e tampouco tiveram contato com pessoas vindas de viagens internacionais. Os dois pacientes estão em isolamento domiciliar e são monitorados diariamente. Segundo a secretaria de saúde do Rio de Janeiro, eles apresentam boa evolução clínica.

O órgão também informou que está monitorando pessoas que tiveram contato com os infectados. Os outros três casos autóctones são de São Paulo e também foram confirmados na quinta-feira, 23. De acordo com os dados do Ministério da Saúde, dos 16 casos de varíola dos macacos confirmados no Brasil até agora, dez estão em São Paulo, quatro no Rio de Janeiro e dois no Rio Grande do Sul.

Até o momento, não há no país registro de casos que evoluíram para uma situação grave. Tanto o Ministério da Saúde como as autoridades sanitárias estaduais e municipais têm relatado quadros clínicos leves e estáveis. Na Europa, onde estão concentrados mais de 80% das ocorrências do surto atual, também não há notificação de óbitos.

error: O conteúdo está protegido !!