Cachorro Fox Terrier de pelo duro é eleito o melhor cão do mundo pela World Dog Show

Funfair Foxhouse é um cão da raça Fox Terrier de pelo duro que foi coroado o melhor cão do mundo pela World Dog Show, no último domingo 26.

O cachorro foi proclamado vencedor mundial a frente dos mais de 16.500 cães registrados de mais de 250 raças dos cinco continentes.

O World Dog Show – é uma exposição internacional de cães que dura de quatro a seis dias sancionada pela Fédération Cynologique Internationale, realizada anualmente desde 1971 -, o evento é considerado o maior do mundo e este ano aconteceu em na feira de Ifema, em Madri, Espanha.

Funfair foi coroado o melhor cão do mundo pela World Dog Show.
Funfair foi coroado o melhor cão do mundo pela World Dog Show. (Foto: Instagram/@realsociedadcaninadeespana)

A bancada dos jurados foi liderado por Carmen Navarro e para avaliar os cães que se apresentaram no evento, os membros do júri estabeleceram uma série de testes como: morfologia, sociabilidade e trabalho.

O evento foi dividido em três fases. Primeiro, uma classificação dos melhores de cada raça por sexo; segundo, por cães de cada raça e; por último, entre todos os grupos apresentados.

Segundo o Ifema, a finalidade dos testes é encontrar o cão que apoiará a promoção de uma raça.

O aspecto que consideram “muito positivo para o bem-estar físico e social” do cão, para além de promover funcionalidades variadas que vão desde a gestão do gado até à detecção de doenças como a epilepsia ou a diabetes, conforme consta no seu site Ifema.

O pódio foi completado por Amen Ra Palo Seco, um Bulldog Inglês que ganhou a medalha de prata, e também Bottom Shaker the Greatest Pictur, um pastor inglês que ganhou a medalha de bronze. A Espanha, por sua vez, obteve um quarto lugar neste torneio.

Funfair Foxhouse é um cão da raça Fox Terrier de pelo duro.
Funfair Foxhouse é um cão da raça Fox Terrier de pelo duro. (Foto: Instagram/@wds_madrid)

O evento acontece em diferentes capitais mundiais e na Espanha é a terceira vez que está acontecendo depois das edições de Madrid (1983) e Valência (1992).

A conferência na verdade tinha sido programado para 2020, mas teve que ser transferido para 2022 devido à pandemia. E isso acarretou outra consequência com duas Exposições Mundiais coincidindo no mesmo ano: Madri e Rio de Janeiro, agendada para dezembro.

Assim, somente para este ano, foi criado um título inédito no qual competirão os cães campeões de ambas as competições: o Cão do Ano FCI 2022 (Cão do Ano) premiará um dos vencedores em Madri e no Rio de Janeiro.

LEIA MAIS:

error: O conteúdo está protegido !!