‘Carimbador’ admite que compartilhava vídeos de pornografia infantil em Manaus

Rodrigo Wenderson Nunes nega que tenha transmitido HIV de propósito para crianças.

Notícias de Manaus – Ao chegar na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), na noite de terça-feira (12), Rodrigo Wenderson Nunes dos Santos, de 31 anos, revelou que não transmitia HIV de propósito para crianças, mas afirmou que compartilhava conteúdo de pornografia infantil.

Ao chegar na delegacia, ele conversou com a imprensa e chegou a pedir desculpar para as pessoas que se sentiram ofendida.

“Nunca abusei de criança nenhuma, foi ‘fake news’ o que disseram que transmiti HIV para outras pessoas, sou soro positivo sim, não vou mentir, mas sei da minha índole e caráter”, destacou Rodrigo.

Victor Igor dos Santos, 21 anos, suspeito de transmitir o HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana), que seria comparsa de Rodrigo, se entregou na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA) nesta quinta-feira (13).

Os dois teriam tido a morte decretada por uma facção criminosa que chegou a expedir um comunicado pedindo para que quem os visse em via pública os entregassem.

Ambos são alvos da Operação Carimbadores deflagrada em 10 de maio deste ano. Eles haviam sido soltos no último fim de semana.

A SEAP (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) negou que tenha ocorrido falhas no sistema penitenciário e alega que apenas cumpriu a lei, pois o prazo dos mandados de prisões havia acabado.