Netanyahu promete reação “forte” aos ataques do Hezbollah

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu visitou a fronteira norte do país com o Líbano na quarta-feira (5) e disse que Israel estava preparado para uma ação forte na região.

As cidades israelenses perto da fronteira, muitas das quais foram evacuadas, têm sido alvo frequente de lançamentos de foguetes e drones do grupo militante libanês Hezbollah. Os foguetes desencadearam grandes incêndios florestais nesta semana.

O Hezbollah, apoiado pelo Irã, e Israel têm trocado tiros nos últimos oito meses, paralelamente à guerra em Gaza, levantando preocupações de que um conflito ainda mais amplo possa eclodir entre os adversários fortemente armados.

As hostilidades entre Israel e o Hezbollah foram as piores desde que iniciaram a guerra em 2006, e dezenas de milhares de pessoas em ambos os lados da fronteira foram forçadas a fugir das suas casas.