Requerimento exige que Semed explique aluguel de R$ 4 milhões de escolas

O requerimento foi aprovado na Câmara Municipal de Manaus (CMM). As escolas ficam no quilômetro 23 da BR-174

Manaus – Um requerimento foi aprovado na Câmara Municipal de Manaus (CMM), a quarta-feira (5), para analisar contratos de aluguéis de imóveis da escola agrícola Rainha dos Apóstolos e do Centro de Solidariedade São José, ambos no quilômetro 23 da BR-174, no valor de R$ 4 milhões.

De acordo com o vereador William Alemão (Cidadania), autor do requerimento nº1.1265/2024, destinado à Secretaria Municipal de Educação (Semed), pretende verificar se os contratos de aluguel dos referidos imóveis respeitaram o devido trâmite legal do processo administrativo, em virtude dos valores de cada um dos espaços.

“O aluguel de um dos imóveis é de R$ 2,8 milhões e o outro é de R$ 1,2 milhões, os dois juntos custam R$ 4 milhões aos cofres públicos, por isso estamos solicitando informações para fiscalizar estes contratos, por entendermos que deve haver transparência neste processo”, observou o vereador.

Conforme William Alemão, qualquer ato do Executivo Municipal deve apresentar transparência à população, assegurando os princípios da legalidade, moralidade, economicidade, impessoalidade, eficiência e publicidade.